Você sabe diferenciar os tipos de madeira?

O Brasil possui uma das maiores floras do mundo. Logo, a gama de opções de madeira é gigante. Por isso, é importante saber quais as principais características de cada madeira para saber onde usá-las.

Madeira de Pinus
Características: provenientes de árvores altas de até 30m. Possui uma cor branca-amarelada, de brilho moderado. Tem corte fácil e sua resistência é baixa.
Durabilidade natural: se não for tratado, é presa fácil ao ataque de fungos, cupins e outras pragas.
Usos: muito versátil. Pode ser utilizado na construção civil (andaimes, caixaria para concreto, escoras e forros) até móveis mais básicos e partes internas de móveis, como chapas compensadas e lâminas decorativas.

Madeira de Eucalipto
Características: é uma madeira com o cerne pardo e sua cor aparente é um branco-amarelado. Tem uma alta densidade, por isso é dura ao corte. Sua textura é mais fina.
Durabilidade natural: resistente ao apodrecimento e durável ao ataque de cupins, com baixa tendência ao rachamento.
Usos: sua tonalidade clara permite uma grande amplitude de acabamentos, permitindo adequar a tonalidade final à decoração pretendida. Também pode ser usada na construção civil (postes, partes ferroviárias, vigas e assoalhos), móveis standard e cabos de ferramenta.

Madeira de Itaúba
Características: árvore de grande porte, com mais de 35m e diâmetro do tronco com mais de 1m. Sua cor interna é um castanho oliva ou amarelado, e sua cor externa é bege. Sua densidade é altíssima, com sérias dificuldades para cortar.
Durabilidade natural: alta resistência ao ataque de fungos apodrecedores, cupins e fungos marinhos.
Usos: por ser fácil de planar, pregar e parafusar, ela é muito utilizada em acabamentos. Também é comum na construção civil e na decoração, sendo uma das melhores opções para marcos de portas e janelas. Outros usos são: carpintaria, implementos agrícolas, confecção de peças torneadas, construção naval etc.

Madeira de Ipê-Amarelo
Características: árvore de alta densidade e muito dura. Possui uma superfície pouco brilhante, lisa, oleosa e de coloração pardo-clara até pardo-acastanhado-escura, com reflexos esverdeados.
Durabilidade natural: é resistente ao apodrecimento e ao ataque de fungos e cupins.
Usos: é uma madeira difícil de ser processada. Mas tem secagem rápida e fácil. Por isso, é empregada em mercenária, construções pesadas e esculturas externas. Também tem grande utilidade em paisagismo e arborização urbana.

Mesmo tendo características tão peculiares, os produtos Sparlack podem ser aplicados em qualquer tipo de madeira.